sábado, 19 de junho de 2010

Adolescente infrator

A escola pública passa por várias crises e uma delas é sua vulnerabilidade diante de adolescentes em conflito com a lei. Se tornou comum professores receberem ameaças, escolas apedrejadas e pichadas e a falta de segurança nas instituições de ensino é visível.

Querem jogar a culpa para cima de alguém. Muitos culpam os professores ou a família pela situação. Mas o problema é um conjunto de fatores que passou da hora de ser desmascarado. Estamos prestes a ver uma sociedade refém do crime e nossos adolescentes se perdendo nesse cangaço!

Nossos adolescentes são vítimas de famílias desestruturadas, mas isso não significa que a sociedade deve abaixar a cabeça diante de certos atos só porque o infrator não é adulto. Não precisamos esperar por desgraças para resolvermos esse problema.

Nossa legislação prevê punição para todos que infringem as leis, independente da idade. O problema é que a mesma legislação ordena que, os adolescentes infratores recebam auxílio psicológico e quaisquer tratamentos para sua recuperação, inclusive medidas sócio-educativas ou internações, dependendo do caso.

Contudo, o Estado não cumpre sua parte e esse problema estoura dentro de uma sala de aula, nas ruas, na delegacia, etc. Faça uma visita na delegacia e pergunte se é comum a presença de adolescentes em conflito com a lei. Tornou-se normal para muitos jovens dar um passeio na delegacia. Nem o Ministério Público tem mecanismos para resolver o problema, pois falta estrutura. Os conselhos tutelares trabalham contra a corrente do Sistema. No judiciário se acumula papéis e papéis de processos e não há tempo para resolver tantos casos. Faltam juízes.

Um jovem infrator tem o direito legal de ser assistido pelo Estado, pois seus atos são reflexos de uma família em crise, de faltas de oportunidades e em muitos casos de problemas mais sérios como violências sexual, psicológica e até física dentro do próprio lar. Se o Estado somente cumprir a lei e der aos jovens o que lhes é de direito, resolvemos o problema a longo prazo, pois nossa legislação serve de paradigma para o mundo.

Enquanto nossos governos fazem vista grossa, jovens sem oportunidade continuarão roubando e praticando pequenos delitos e serão no futuro, criminosos em potencial.
Não adianta diminuir a maioridade, cobrar de professores resultados, colocar a culpa na família ou ainda eliminar o problema com chacinas. O que precisa é cumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente dando-lhes dignidade, cumprindo seus direitos sem abafar seus deveres.

Paz, esse é um direito para todos garantido na Constituição. A sociedade espera providências e não jogo de empurra empurra!

Prof. Yuri Almeida

13 comentários:

  1. Parabéns pelo seu trabalho. Voltarei mais vezes a esse blog. Continue assim.

    ResponderExcluir
  2. A questão camarada é que o limite da destruição capitalista, tocou as raias da barbárie, o caos aos poucos vai instalando-se o modelo de família, já é algo do passado a responsábilidade educacional já foi pro saco. O poder que destrói é o mesmo, que elabora leis, que não permite a plenitude democrática das opiniões. O povo convive com a cristalização da desgraça, e crêem que isto é normal.
    Não há uma relação de compartilhamento ou de respeito social, não há a possibilidade de um socialismo das relações humnanas como pensava Louis Altahausser, só há um estranhamento e a individualização do sitema capitalista. E nós países capitalistas já começaram a punir com prisões e crimes os jovens infratóres.
    é preciso uma depuração, como colocar a semente na cova deixá-la estraçalhar pra surgir uma nova planta. Sei que essa idéia crhisnamutiniana excentricamente religiosa vem parar neste comentário, mas quando não se há mais o porto seguro, qualquer barranco é porto.
    Abraços, camarada

    ResponderExcluir
  3. A cada dia que passa eu te admiro mais Yuri continue assim velhote,nos precisamos de você,e de sua brilhante intelectualidade.

    ResponderExcluir
  4. Como sempre, os problemas sociais são empurrados para debaixo do tapete, leia-se, escola. Depois diz-se que a escola vive uma grande crise. Buscando analisar os problemas chega-se quase sempre na "incompetência do professor". solução???
    Abraços. gosto muito do blog.

    ResponderExcluir
  5. O seu texto vai exatamente contra o que nossa elite pensa, para ela (e se não me engano foi Washington Luís quem disse isso) problema social é caso de polícia. É muito facil pedir a redução da mioridade penal, facil e cômodo. Difícil é fazer cumprir o ECA. Mais,penso que nós professores somos vítimas dessa miopia da sociedade, afinal quantas vezes mães de alunos chegaram para mim pedindo para 'dar um jeito em seus filhos'.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo bom texto e brilhante blog!
    Parece reducionismo, mas o capitalismo é isso...
    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Além do grande problema do não cumprimento do Estado de seu papel de protetor da sociedade, não podemos deixar de elencar aqui o grande problema de desumanização pela qual as famílias vem passando, o que os cientistas sociais chamam hoje de famílias desestruturadas. Na verdade, além do não cumprimento do Estado, também há uma grande parte de culpa por cima das famílias que como o Estado, não cumpre seu papel, a própria família não tem amor, não transmite moral para seus descendentes, não porque não tem acesso aos meios básicos, mas sim porque se trata de um processo cultural de acomodação social. Podemos dar o exemplo de nossos avós que a trinta, quarenta ou cinquenta anos atrás criavam quatro,cinco, seis ou mais filhos sem a menor co-participação do Estado, o que se comparando nos dias atuais as famílias são menas numerosas e tem grande co-participação do Estado, o que como já dito muito difere de tempos atrás, que mesmo o Estado ausente na formação dos cidadãos de cinquenta anos atrás com famílias numerosas ainda se formava pessoas.
    Por: Hugo Fernando do Couto Faco

    ResponderExcluir
  8. Ana Flávia Viana1 de julho de 2010 21:06

    Hoje em dia ,as pessoas fingem que não anda acontecendo nada com nossos adolescentes de hoje ,mas as pessoas tem que pensarem mais e perceberem que os nossos adolescentes de hoje ,serão o futuro de amanhã,e hoje,os nosso jovens são mal-educados,revoltados.Então,será que nosso futuro será isso?Uma sociedade que só sabe roubar,matar?Então,não só eu mas como todos ,esperamos providências ,e não jogo de empurra empurra!

    ResponderExcluir
  9. Revolução Quilombolivariana1

    Viva Zumbi! Viva Che!Viva Hugo Chávez! Feliz 2010!
    Conscientização!Justiça !Prosperidade! Solidariedade!
    Fraternidade!Amor! Paz! Socialismo Quilombolivariano!
    Ao Nosso Povo! Viva Brasil! Venceremos Feliz 2010!
    . You can follow any responses to this entry through the
    Manifesto em solidariedade, liberdade e desenvolvimento dos povos afro-ameríndio latinos, no dia 01 de maio dia do trabalhador foi lançado o manifesto da Revolução Quilombolivariana fruto de inúmeras discussões que questionavam a situação dos negros, índios da América Latina, que apesar de estarmos no 3º milênio em pleno avanço tecnológico, o nosso coletivo se encontra a margem e marginalizados de todos de todos os benefícios da sociedade capitalista euro-americano, que em pese que esse grupo de países a pirâmide do topo da sociedade mundial e que ditam o que e certo e o que é errado, determinando as linhas de comportamento dos povos comandando pelo imperialismo norte-americano, que decide quem é do bem e quem do mal, quem é aliado e quem é inimigo, sendo que essas diretrizes da colonização do 3º Mundo, Ásia, África e em nosso caso América Latina, tendo como exemplo o nosso Brasil, que alias é uma força de expressão, pois quem nos domina é a elite associada à elite mundial, é de conhecimento que no Brasil que hoje nos temos mais de 30 bilionários, sendo que a alguns destes dessas fortunas foram formadas como um passe de mágica em menos de trinta anos, e até casos de em menos de 10 anos, sendo que algumas dessas fortunas vieram do tempo da escravidão, e outras pessoas que fugidas do nazismo que vieram para cá sem nada, e hoje são donos deste país, ocupando posições estratégicas na sociedade civil e pública, tomando para si todos os canais de comunicação uma das mais perversas mediáticas do Mundo. A exclusão dos negros e a usurpação das terras indígenas criaram-se mais e 100 milhões de brasileiros sendo este afro-ameríndio descendente vivendo num patamar de escravidão, vivendo no desemprego e no subemprego com um dos piores salários mínimos do Mundo, e milhões vivendo abaixo da linha de pobreza, sendo as maiores vitimas da violência social, o sucateamento da saúde publica e o péssimo sistema de ensino, onde milhões de alunos tem dificuldades de uma simples soma ou leitura, dando argumentos demagógicos de sustentação a vários políticos que o problema do Brasil e a educação, sendo que na realidade o problema do Brasil são as péssimas condições de vida das dezenas de milhões dos excluídos e alienados pelo sistema capitalista oligárquico que faz da elite do Brasil tão poderosas quantos as do 1º Mundo. É inadmissível o salário dos professores, dos assistentes de saúde, até mesmo da policia e os trabalhadores de uma forma geral, vemos o surrealismo de dezenas de salários pagos pelos sistemas de televisão Globo, SBT e outros aos seus artistas, jornalistas, apresentadores e diretores e etc. Movimento Revolucionário Socialista (Seja um,uma) QUILOMBOLIVARIANO


    vivachavezviva.blogspot.com/
    quilombonnq@bol.com.br
    Organização Negra Nacional Quilombo
    O.N.N.Q. Brasil .Fundação 20/11/1970

    ResponderExcluir
  10. Revolução Quilombolivariana2

    Manifesto da Revolução Quilombolivariana vem ocupar os nossos direito e anseios com os movimentos negros afro-ameríndios e simpatizantes para a grande tomada da conscientização que este país e os países irmãos não podem mais viver no inferno, sustentando o paraíso da elite dominante este manifesto Quilombolivariano é a unificação e redenção dos ideais do grande líder Zumbi do Quilombo dos Palmares a 1º Republica feita por negros e índios iguais, sentimento este do grande líder libertador e construídor Simon Bolívar que em sua luta de liberdade e justiça das Américas se tornou um mártir vivo dentro desses ideais e princípios vamos lutar pelos nossos direitos e resgatar as histórias dos nossos heróis mártires como Che Guevara, o Gigante Oswaldão líder da Guerrilha do Araguaia. São dezenas de histórias que o Imperialismo e Ditadura esconderam. Há mais de 160 anos houve o Massacre de Porongos os lanceiros negros da Farroupilha o que aconteceu com as mulheres da praça de 1º de maio? O que aconteceu com diversos povos indígenas da nossa América Latina, o que aconteceu com tantos homens e mulheres que foram martirizados, por desejarem liberdade e justiça? Existem muitas barreiras uma ocultas e outras declaradamente que nos excluem dos conhecimentos gerais infelizmente o negro brasileiro não conhece a riqueza cultural social de um irmão Colombiano, Uruguaio, Argentina, Boliviana, Peruana, Venezuelano, Argentino, Porto-Riquenho ou Cubano. Há uma presença física e espiritual em nossa história os mesmos que nos cerceiam de nossos valores são os mesmos que atacam os estadistas Hugo Chávez e Evo Morales Ayma, não admitem que esses lideres de origem nativa e afro-descendente busquem e tomem a autonomia para seus iguais, são esses mesmos que no discriminam e que nos oprime de nossa liberdade de nossas expressões que não seculares, e sim milenares. Neste 1º de maio de diversas capitais e centenas de cidades e milhares de pessoas em sua maioria jovem afro-ameríndio descendente e simpatizante leram o manifesto Revolução
    Quilombolivariana e bradaram Vivas! a Simon Bolívar Viva! Zumbi!Tupac Amaru!Benkos BiojoS! Sepé Tiaraju Alicutan!Sabino! Elesbão!Cosme Bento! José Leonardo Chirinos !Antônio Ruiz,El Falucho! João Candido! Almirante Negro!Patrice Lumumba!Viva Che! Viva Martin Luther King!Malcolm X!Viva Oswaldão Viva! Mandela Viva!Luiz I.Lula da Silva, Viva! Chávez, Vivas! a Evo Ayma!Rafael Correa! Fernando Lugo!José Mujica(El Pepe)! Viva! a União dos Povos Latinos afro-ameríndios,! 1º de maio,
    Viva! Os Trabalhadores do Brasil e de todos os povos irmanados.
    Movimento Revolucionário Socialista (Seja um,uma) QUILOMBOLIVARIANO


    vivachavezviva.blogspot.com/
    quilombonnq@bol.com.br
    Organização Negra Nacional Quilombo
    O.N.N.Q. Brasil .Fundação 20/11/1970

    ResponderExcluir
  11. Cara, meus parabéns,à partir de hoje sou um fiel leitor de seu blog.não tenho a sua facilidade com as palavras, mas também tenho um blog:wwwernanepensamentocritico.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Concerteza a normalidade desses fatos demonstraDemosntram a realidade capitalista, que conforme meu caro Manoel Messias disse “tocou as raias da barbárie”. Estes casos podem nos ajudar a refletir sobre a ideologia posta pelos aparelhos de estado ( escola, família, mídia) que acabam exacerbando tais fatos e alienando. E pior, a mídia lucra com o sensacionalismo e com a desgraça. E lembrando Prof Yuri que o Estado não passa de um aparelho da classe dominante. Ok, abraços amigo.

    ResponderExcluir
  13. Demosntram a realidade capitalista, que conforme meu caro Manoel Messias disse “tocou as raias da barbárie”. Estes casos podem nos ajudar a refletir sobre a ideologia posta pelos aparelhos de estado ( escola, família, mídia) que acabam exacerbando tais fatos. E pior, a mídia lucra com o sensacionalismo e com a desgraça. E lembrando Prof Yuri que o Estado não passa de um aparelho da classe dominante. Ok, abraços amigo.

    ResponderExcluir